Gestión del conocimiento y aprendizaje: procedimientos cognitivos y emocionales en el aprendizaje. Propuesta de soluciones para dificultad en aprendizaje


Resumen

Este trabalho parte do pressuposto que os gestores têm dificuldades relativas ao processo cognitivo que estão estritamente ligadas ao aspecto emocional e afetivo, e que para sanar estas dificuldades promovem ações de apoio e de elevação da autoestima do colaborador através da motivação. Os fatores negativos detectados que implicam nas dificuldades de aprendizagem para os colaboradores e que são trazidos de outras organizações. Nas empresas existem funcionários de classes socioeconômicas, histórias e experiências diferentes que devem ser respeitadas em sua individualidade. Nas teorias psicológicas propostas como as de Piaget e Vygotsky os conceitos pertinentes ao desenvolvimento de competências apontam a necessidade de trabalhar os processos cognitivos emocionais e afetivos como garantias para a formação de um ser humano como ser total, com possibilidades de sucesso no seu rendimento colaborativo. Neste contexto, este trabalho se insere na tentativa de modelar o processo cognitivo-emocional numa perspectiva situada, reconhecendo nele a dinâmica de interações entre organismo e ambiente, agregando conceitos de emoções biológicas e das avaliações destas manifestações emocionais segundo uma perspectiva psicológica e psicopedagógica.


##plugins.themes.bootstrap3.article.details##

Cómo citar

Constantino, M. (2020). Gestión del conocimiento y aprendizaje: procedimientos cognitivos y emocionales en el aprendizaje. Propuesta de soluciones para dificultad en aprendizaje. MLS Psychology Research, 3(1). Recuperado a partir de https://www.mlsjournals.com/Psychology-Research-Journal/article/view/228



Citas

ANTUNES, Celso. Alfabetização Emocional. São Paulo:.Terra, 1996.

BEAN, Reynold. Adolescentes Seguros: Como aumentar a auto-estima dos jovens. São Paulo. Gente, 1995.

BOCK, Ana M. Bahia (org). Psicologias: uma introdução ao estudo de Psicologia. São Paulo. Saraiva, 1999.

OLIVEIRA, Marta Kohl. Vygotsky. Aprendizado e desenvolvimento: Um processo sócio histórico. São Paulo Scipione, 1998.

PIAGET, Jean. O nascimento da inteligência na criança. Rio de Janeiro. Zahar, 1982.

__________A linguagem e o pensamento da criança. São Paulo: Martins Fontes, 1999.

SCOZ, Beatriz. Psicopedagogia e realidade escolar: o problema escolar e de aprendizagem. Petrópolis, Editora Vozes 2004.

SEBER, Maria da Glória. Piaget: O diálogo com a criança e o desenvolvimento do raciocínio. São Paulo. Scipione, 1997.

VYGOTSKY, L. S. A Formação Social da Mente. São Paulo, Martins Fontes, 1991.

_______Linguagem, desenvolvimento e aprendizagem. São Paulo, Ícone Editora, 1988.